Skip Navigation LinksPortal do Eleitor > Votar pela primeira vez
Votar pela primeira vez

Votar é não só um direito constitucionalmente garantido como um dever cívico de todo o cidadão com capacidade para tal.

 

Mas porquê votar?

Porque chegou finalmente o momento de intervires nos assuntos que te dizem, directa e indirectamente, respeito e que têm grande impacto na tua vida, em todos os domínios, sejam eles na educação, na saúde, no ambiente, na cultura, na segurança, só para referir alguns. Votando tens uma palavra na forma como o teu futuro se vai desenrolar, abrindo novas perspectivas e opções.

 

Porque nasceste num estado democrático, onde os cidadãos exercem o poder político através de sufrágio universal, igual e directo, reconheces o seu valor e tens consciência da luta e dos sacrifícios que muitos homens e mulheres fizeram para a conquistar. Ao exerceres o teu direito de voto estás a contribuir para o seu fortalecimento e consolidação.

 

Porque não queres deixar que decisões fundamentais sejam tomadas por outros no teu lugar. A partir de agora podes contribuir activamente para a eleição dos representantes da Nação:

  • Presidente da República (representante máximo da Nação)
  • Legislativas (os nossos representantes na Assembleia da República)
  • Legislativas Regionais
    • Governo Regional dos Açores
    • Governo Regional da Madeira
  • Autárquicas (os nossos representantes nos Municípios e nas Freguesias)
  • Europeias (escolha dos representante nacionais no Parlamento Europeu)

... E ainda sempre que os cidadãos sejam chamados a pronunciar-se sobre questões importantes para a vida em sociedade, através de referendos, nacionais e locais.

 

O que deves saber antes das eleições

Os cidadãos portugueses e os cidadãos brasileiros que possuam o estatuto de igualdade de direitos políticos (e que disponham de cartão de cidadão ou que constem do sistema de identificação civil), maiores de 17 anos, residentes no território nacional, são provisória e automaticamente inscritos no Recenseamento Eleitoral. Essa inscrição torna-se definitiva quando atingires os 18 anos, idade a partir da qual já podes exercer o teu direito de voto.

 

Se ainda não sabes o teu número de eleitor e onde votar, damos-te aqui algumas dicas:

  • Consulta: www.recenseamento.mai.gov.pt
  • Envia um SMS para 3838, escrevendo a mensagem RE <espaço> nº de Identificação civil sem check <espaço> data de nascimento AAAAMMDD. Exemplo: RE 12344880 19891007

Esta informação só estará disponível na data em que completares 18 anos.

Também te podes informar junto da Comissão Recenseadora que encontrarás na Junta de Freguesia da área de residência indicada no teu B.I.

 

O que precisas para votar

Quando te apresentares na mesa de voto no dia das eleições, só precisas de indicar o teu nº de eleitor, que podes consultar na página inicial deste portal, e identificares-te com o teu Bilhete de Identidade ou Cartão de Cidadão.

 

Podes saber mais sobre voto pela primeira vez no site Recenseamento Juvenil.


Como se vota Como se vota?
No dia das eleições, dirija-se à sua Mesa de Voto entre as 8:00h e as 19:00h. Identifique-se com os documentos necessários e o Presidente da mesa entregar-lhe-á o Boletim de Voto.
Estou recenseado Estou recenseado?
Se é português e reside em território nacional, está automaticamente inscrito no Recenseamento Eleitoral. Se é um cidadão estrangeiro ou reside no estrangeiro, a inscrição é voluntária.
Saiba onde votar Onde se vota?
Confirme no topo da página inicial deste portal o seu número de eleitor e freguesia onde vota. O local específico da sua mesa de voto pode ser consultado nos 15 dias antes das eleições.